Viagem no tempo

Independentemente de você querer ou não, o tempo corre como um foguete rumo ao espaço. Tem momentos que é nosso aliado e outros não. O segredo é como usá-lo a nosso favor. Tempo – passado, presente e futuro -, não podemos cheirá-lo ou tocá-lo, mas é nele que seguimos o curso da vida de segundo a segundo rumo ao desconhecido.

Se fosse possível viajar numa escala temporal, imagino que seria fantástico viajar principalmente rumo ao futuro, para daqui a 500, mil, ou milhões de anos. No entanto, seria instigante voltar ao passado, para pelo menos fazermos uma breve leitura sobre os nossos antepassados, descobrir por exemplo, o início e as ramificações de nossa cadeia genealógica.

Afinal, poderíamos descobrir o porquê de nossas características atuais, físicas e psíquicas, e daí quem sabe, melhorá-las rumo ao futuro.

Para que isto aconteça, é preciso atenção com o livro de sua própria Vida, o quanto antes, senão, pode ser tarde para escrever os próximos capítulos.

O livro que está escrevendo é fruto de suas experiências, na verdade, cada página deste livro, revela como você vem se construindo diariamente. Leia com atenção página por página e, não se surpreenda se por acaso constatar que o que tem escrito sobre si mesmo, não revela o que você é, mas o que você imagina ser.

Talvez constate que tem vivido em contradição consigo mesmo, pensando uma coisa e fazendo outra completamente diferente. Terá condições de perceber com bastante clareza, que ao longo do tempo em que tem vivido, procura prazer em coisas e situações que são fontes potenciais de dor e sofrimento.

Não pense em auto condenar-se por tais atitudes, afinal, esse tipo de comportamento é exclusivo dos seres humanos. Claro, que se soubéssemos da dor que existe por detrás do prazer e, se tivéssemos a capacidade de evita-las, a vida seria de muita grandeza e sobretudo de muita paz e harmonia entre os homens.

Imagine se encontrasse, viajando no tempo futuro, uma civilização que não tivesse os vícios ou prazeres que temos pelo cigarro, álcool, cocaína, maconha, LSD, sexo, comidas e, que não tivesse também diabetes, hipertensão, cânceres, lesões cardíacas, degenerações óssea-articulares, compulsões e obesidade. Imaginou?

Ao retornar desta incrível viajem, você tem duas opções: uma é continuar do jeito que está, e colher os frutos da vida que leva, a outra, é participar ativamente da construção daquela civilização, melhorando agora a sua qualidade de vida e dos familiares. Agindo assim, sua viajem, que antes era uma ficção, será a realidade que você viu durante a sua viagem no tempo.

Deixe um comentário

Seu email não será divulgado