mastigar mais para comer menos

Um dos segredos para comer menos é exatamente mastigar mais.

Se correr e caminhar faz muito bem para a preservação e manutenção da saúde, o mesmo não acontece ao comer às pressas.

Comumente, pessoas que comem apressadas, agitadas pela correria do dia-a-dia, pensam em tudo, menos na qualidade da comida que estão colocando na boca. Ás vezes acha que estão perdendo tempo comendo, enquanto deveriam estar resolvendo os intermináveis problemas que as atormentam.

Comer apressado não soma crédito para a saúde, na verdade gera débitos e consequências como o são as gastrites, úlceras, enxaquecas, alergias, enfartos, hipertensão, AVC, cânceres, obesidade, etc.

Notadamente, associa-se o comer apressado a pouca mastigação e, consequentemente a uma menor absorção de nutrientes, além disso, come-se mais para obter a mesma saciedade, que seria obtida, sem se empanturrar e estufar o estômago.

O estresse provocado pelo comer apressado no trato digestivo – boca, faringe, esôfago, estômago, intestino delgado e grosso, reto e ânus -, é imenso.

O maestro do processo digestivo é o Sistema Nervoso Parassimpático, responsável pela liberação de hormônios que processam a digestão de forma lenta, suave e que induz à saciedade.

Quando se come apressado e com pouca mastigação o SN – Parassimpático é sufocado pelo Sistema Nervoso Simpático, que ao liberar hormônios relacionados com a pressa e agitação, impede que ocorra de forma satisfatória o processo digestivo, assim como a sensação dos sabores dos alimentos pelas papilas gustativas presentes na língua, reduzindo ou inibindo a saciedade.

Portanto, comer devagar e mastigar bem os alimentos favorece o equilíbrio do sistema nervoso central com o trato digestivo, facilitando a digestão e a saciedade.

Como comer menos e mastigar mais? Quando estiver comendo adote o seguinte procedimento: para cada vez que levar a comida à boca, descanse os talheres sobre o prato enquanto estiver mastigando – antes da próxima garfada, mastigue pelo menos entre 20 a 30 vezes.

banner prove

Deixe um comentário

Seu email não será divulgado